• comercial@arquiconsult.com
  • (+351) 218 205 610
| terça, 25 maio 2021 |

É a Microsoft o parceiro certo para a sua estratégia de IT a longo prazo?

Uma das principais lições retiradas da atual crise é saber que o nível e a qualidade das soluções IT implementadas tem um enorme impacto na sua resiliência, na robustez dos seus processos e, às vezes, até mesmo nas mudanças necessárias para subsistir. A questão é, saber se está a trabalhar com os fornecedores de IT estratégicos certos hoje. São capazes de sobreviver por si próprios? Este sim, são fortes o suficiente financeiramente para continuar com os pesados investimentos na inovação contínua dos seus produtos e serviços? Perguntas relevantes, certo? Então vamos ver como a Microsoft se está a sair.


Por volta de 2013 a Microsoft era considerada uma espécie de fornecedor de IT da velha guarda. Um grande fornecedor com uma posição forte e decerto com uma grande base de clientes! Mas era também uma organização bastante lenta, que muitas vezes respondia tarde às mudanças das exigências do mercado. E uma organização que não foi muito eficaz na criação de produtos e serviços inovadores, apesar dos enormes investimentos anuais em pesquisa e desenvolvimento.


A nomeação de Satya Nadella como novo CEO das empresas em 2014 acabou por ser o início de uma mudança radical. No lado do produto, ele introduziu a estratégia cloud first, mobile first, que era bastante progressiva naqueles dias. Mas a melhor contribuição de Nadella foi no domínio da cultura da empresa. Ele desafiou toda a organização a passar de uma cultura do 'saber tudo' para uma cultura do 'aprender tudo'. A sua liderança foi eficaz na demolição de barreiras internas e foi um forte promotor de uma melhor cooperação entre os departamentos. Nadella implementou uma "mentalidade de crescimento " em escala.


Os primeiros resultados destes esforços e das novas estratégias foram rapidamente visíveis. A escolha pronunciada por uma estratégia de cloud first criou um enorme crescimento na receita no alojamento em Cloud. Foram assinados lucrativos acordos de colaboração com conhecidos concorrentes como SAP, Salesforce e Apple. E muitos dos produtos fortes de categoria única tornaram-se gradualmente parte de uma atraente plataforma inteligente de cloud computing.


As receitas e o lucro cresceram espetacularmente o que transformou os acionistas em investidores felizes. Nos 7 anos desde que Nadella assumiu o cargo de CEO, o limite de mercado da Microsoft cresceu de $300 bilhões a $1,9 triliões. Isso é 6 vezes mais em apenas 7 anos - um feito sem precedentes!


Hoje em dia, a Microsoft é amplamente reconhecida como líder na Transformação Digital. A missão da empresa é capacitar cada pessoa e cada organização no planeta para alcançar mais. E é exatamente isso que a Microsoft faz. A empresa ainda é líder indiscutível da indústria quando se trata de investimento em Pesquisa e Desenvolvimento, e tem também a coragem de agir rapidamente quando se trata de adquirir peças tecnológicas valiosas. Inovações fortes são trazidas ao mercado a um ritmo rápido, todas fortalecendo a poderosa plataforma Microsoft intelligent cloud. Um exemplo recente de desenvolvimento de produtos é o lançamento do Microsoft Viva, uma solução integrada para o capital humano. Outro exemplo é a recente aquisição da empresa de artificial speech tech business Nuance Healthcare por quase 20 bilhões de dólares - a segunda maior aquisição da história da empresa.


Portanto, a Microsoft está pronta para ajudar a sua empresa a tornar-se bem sucedida na transformação digital nos próximos anos. Do que espera?





Descubra mais sobre as nossas soluções

Saber mais

Ler 264 vezes Modificado em terça, 25 maio 2021

Testemunhos