O IMPACTO DA GESTÃO NA ESCOLHA DE UM ERP/CRM

Skip to content

O IMPACTO DA GESTÃO NA ESCOLHA DE UM ERP/CRM

A escolha de um novo software ERP/CRM é uma das decisões mais críticas que um gestor toma. Afinal, essa escolha compromete a organização e os colaboradores a trabalharem de uma determinada maneira por um extenso período. E, no entanto, muitas vezes são os administradores e gestores a principal causa do insucesso de uma implementação. Não tanto pela forma como eles contribuem para esses projetos, mas pela ausência de gestão!

Implementar uma solução de ERP ou CRM ou uma iniciativa de transformação digital é muito mais do que apenas comprar alguns produtos e serviços. Quem tem materiais entregues, verifica se o número de itens corresponde ao que foi encomendado. Para uma implementação de software, no entanto, as coisas são diferentes porque falamos de pessoas e conhecimento.

Claro que também é o caso de uma implementação de software que você deseja verificar se recebeu todos os módulos e direitos que foram solicitados. Mas isso é só o começo, já que não são mais projetos técnicos. Hoje as implementações são sobre transformação de negócios, cultura da empresa e mudança organizacional. Mudar processos de negócios, formatos de relatórios, métodos de trabalho e cooperação. Cooperação entre membros da mesma equipa, entre departamentos e com seus clientes e o resto do mundo. Muitas vezes, deparamo-nos com resistência à mudança. Outro receio que surge é a perda de poder interno porque informações importantes passam a ser compartilhadas. Um terceiro tem medo recai sobre um maior escrutínio das tarefas que passa a existir.

É exatamente neste ponto que a intervenção da gestão é fundamental, para explicar porque um novo software é necessário. Sobre os objetivos de negócios do projeto. Identificar que métodos e processos de trabalho precisam ser alterados. Alertar sobre o impacto da implementação. E sobre qual será o interesse do colaborador individual no que diz respeito a esse processo. Ao tomar decisões claras, ajuda a motivar a equipa e tornar visível a necessidade e projeção deste novo software.

Muitos gestores ainda acreditam que assinar o contrato de compra do software é o quanto é necessário para o sucesso de um projeto, e não podia ser mais errado este pensamento.